O ensinamento do Papa Francisco
Gostou? Curta e Compartilhe!

Li com muita atenção, um texto de autoria do Papa da Oratória no Brasil, Reinaldo Polito, sobre uma orientação do Papa Francisco aos bispos e padres, principalmente, sobre o tempo de duração da homilia.

Disse Sua Santidade que estava cansado de ouvir ou de tomar conhecimento de que os religiosos católicos apostólicos romanos, andavam exagerando na duração da homilia, passando de 40 ou 50 minutos. Olhando pelo lado da expressão verbal, sem dúvidas, um absurdo.

Houveram tempos em que esta verdadeira penitência era até compreendida, mas a tendência foi mudando à medida em que as ferramentas de comunicação foram evoluindo, sobre tudo em tecnologia. Hoje, quando nem as crianças dispensa um aparelho de telefone celular e estão constantemente ligadas nas redes sociais, é muito difícil que uma pessoa, criança ou não, preste atenção em uma homilia por mais de 10 minutos. Se é que chega a tanto.

Hoje, é preciso utilizar muitas ferramentas modernas de comunicação para fazer com que o público-alvo prenda sua atenção em uma apresentação, seja um simples discurso de agradecimento ou até mesmo uma apresentação mais elaborada. Gráficos, números, imagens fotográficas, vídeos, pitadas de humor, voz firme, gestos e posturas seguras, são necessários para que a atenção não se disperse.